O conceito de sexualidade abrange  um conjunto de qualidades,  fenômenos,  funções  e
  manifestações  que geram  o  comportamento humano,  seja ele individual ou  em relações
  interpessoais e que envolve as  estâncias bio-psico-sócio-histórico-culturais  do indivíduo.
  Há que entendê-lo como um processo vital de desenvolvimento humano que acompanha  o
  homem desde que é gerado (fecundação) e que vai se  produzindo histórico-culturalmente
  ao longo de toda a vida conforme as reações emocionais, racionais, e físicas, atingindo de
  acordo com o amadurecimento, o seu pleno desenvolvimento.

    Para  tanto faz-se necessário compreender conceitos  relacionados  ao  desenvolvimento
  orgânico. Esta atividade simula a regulação da liberação dos hormônios sexuais masculinos.
  Por volta de 3  semanas  a 1 mês antes do nascimento,  a testosterona estimula a descida
  dos testículos do abdome para a bolsa escrotal.  Este hormônio é responsável por todas as
  características secundárias  além de masculinizar o cérebro precoce em desenvolvimento e,
  deste modo, desempenhar papel fundamental na determinação da identidade, da orientação
  sexual e das modificações comportamentais.

    Busca-se   possibilitar   aos  alunos  conhecer  como  ocorrem  essas  transformações  no
  organismo,  contribuindo  para  uma maior compreensão do desenvolvimento humano dentro
  de  um processo natural,  contrário  aos procedimentos  artificiais que podem  prejudicar  a
  saúde.  Antes de  apresentar  este  objeto é importante  que o  professor  tenha  abordado
  conceitos gerais sobre hormônios com seus alunos.